Segunda-feira, 30 de Agosto de 2004

Perry, Perrier e algo que se lê...

 


O amigo Finúrias, antes das férias, aconselhou-me a audição de Jonny Lang, músico da sua preferência auditiva... Como sou daqueles para quem não basta um único disco para proferir uma qualquer opinião, adquiri 3 Cd's deste amigo das Telecaster: Long Time Coming, Lie To Me e o confuso Live & Bass Performance Hall... O rapaz pratica o que se chama de White Blues, género mais que explorado por guitarristas como Johnny Winter, o já falecido Stevie Ray Vaughan e Gary Moore.


 O Long Time Runing é um disco indistinto, comercial, onde Jonny Lang abraça uma série de estilos, relegando a guitarra para segundo plano, o que para alguém que se assume como um bluesman, é imperdoável. 


Agradou-me o Lie To Me, mais coerente com a linha que o rapaz definiu para si. É um disco de Blues eléctrico, extremamente melódico e recheado de rifs de guitarra bem construídos... é concerteza o disco mais inspirado de Jonny Lang, e aconselhável aos amantes do género.


O Live & Bass Performance é um disco pirata e uma desbunda de guitarra eléctrica, prova de que os concertos de Jonny Lang devem ser electrizantes do princípio ao fim...


Espero, um dia, afinar com o Finúrias um concerto deste pretendente ao lugar de Stevie Ray Vaughan...


jonny_0401.jpg


 


Fiquei também curioso com um artigo que o Dupont escreveu sobre Perry Blake, artista solitário e amante da noite escura...


PerryBlake.jpg


Como três é a conta que Deus fez, procurei e encontrei os CD's Perry Blake, California e Songs for Someone. Sempre apreciei os artistas que perpetuam as suas obras em nome própio, sendo que os meus favoritos passam por Peter Hammill e... David Sylvian...


Pois, David Sylvian... o man é um fraco clone deste grande e inimitável músico. Em Perry Blake, a colocação da voz, a própia voz, os elementos musicais, os tempos, tudo é uma grande charada de mau gosto às opções de David Sylvian... Não vale a pena perder tempo em analisar este disco: prefiro David Sylvian...


Em California, Perry Blake procura fugir a Sylvian para encontrar... Tim Buckley... É sem duvida um grande imitador, este rapazinho, que usa e abusa dos falsetes, metais e cordas.


Songs for Someone é uma seca, indistinto, e basta.


Mas algo me agrada em Perry Blake, certamente o mesmo que a Dupont: o tom intimista dos seus temas é por si só motivo para que, após um dia de trabalho, colocar um disco seu a tocar como música de fundo ao mesmo tempo que se lê um livro...


E por falar em livro, aproveitei o tempo livre para dissecar o Código de Da Vinci, coisa que fiz em três dias e meio... É um livro de fácil leitura, do género romance policial, em que o autor se preocupou mais com os pormenores técnicos e sua explicação do que propiamente com o desenrolar da intriga do romance... a meio do livro já sabia quem era o fantasmagórico Professor, o que retirou parte da piada ao final. No entanto, gostei da originalidade do tema e o livro cumpriu os seus objectivos: diversão e alheamento...


 

publicado por siX às 00:48
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De siX a 30 de Agosto de 2004 às 13:42
puxa Dupont... tristezas não pagam dívidas... eu q o diga ;)... aborrece-me quando ouço um disco pela 1ª vez, a dar por mim a fazer comparações, a sensação de dejá vu... e Perry Blake é isso mesmo: dejá vu... tb assisti ao concerto do Sylvian no Porto, e adorei... concordo que as condições não eram as melhores, mas só pela sua presença e o naipe de músicos, valeu a pena...


De Dupont a 30 de Agosto de 2004 às 12:38
David Sylvian. É fantástico. Fui vê-lo ao Coliseu, há um par de anos. Foi só bom. Mas tocou, e cantou, o "Forbidden Colors". Senão, tinha-lhe atirado com um sapato...


De Dupont a 30 de Agosto de 2004 às 12:36
Estou honrado pela tua escolha, six. O California é muito... "doce". O primeiro álbum é maravilhoso. Melancólico, quase triste... Lindo, lindo.


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

.

.os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • .passado

    .adjectivos

    .mixórdias

    . Outubro 2004

    . Setembro 2004

    . Agosto 2004

    . Julho 2004

    . Junho 2004

    . Maio 2004

    . Abril 2004

    . Março 2004

    .lataria e afins

    . mudanças são sempre aborr...

    . la lute...

    . cais

    . x-libris vileiro - Socorr...

    . polis VC-QD

    . x-libris vileiro - Grande...

    . luto...

    . x-libris vileiro - Cine N...

    . vira livre

    . nós de metro... e o Porto...

    .subscrever feeds