Segunda-feira, 12 de Julho de 2004

Neruda - 100 anos de poesia

 


neruda.jpg


 


O Vento na Ilha


 


O vento é um cavalo:


ouve como ele corre


pelo mar, pelo céu.


 


Quer me levar: escuta


como ele corre o mundo


para levar-me longe.


 


Esconde-me em teus braços


por esta noite erma,


enquanto a chuva rompe


contra o mar e a terra


sua boca inumerável.


 


Escuta como o vento


me chama galopando


para levar-me longe.


 


Como tua fronte na minha,


tua boca em minha boca,


atados nossos corpos


ao amor que nos queima,


deixa que o vento passe


sem que possa levar-me.


 


Deixa que o vento corra


coroado de espuma,


que me chame e me busque


galopando na sombra,


enquanto eu, protegido


sob teus grandes olhos,


por esta noite só


descansarei, meu amor.



Pablo Neruda


 

publicado por siX às 23:59
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De siX a 4 de Agosto de 2004 às 01:27
:)


De Finurias a 13 de Julho de 2004 às 02:35
Bela Homenagem Six !


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

.

.os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • .passado

    .adjectivos

    .mixórdias

    . Outubro 2004

    . Setembro 2004

    . Agosto 2004

    . Julho 2004

    . Junho 2004

    . Maio 2004

    . Abril 2004

    . Março 2004

    .lataria e afins

    . mudanças são sempre aborr...

    . la lute...

    . cais

    . x-libris vileiro - Socorr...

    . polis VC-QD

    . x-libris vileiro - Grande...

    . luto...

    . x-libris vileiro - Cine N...

    . vira livre

    . nós de metro... e o Porto...

    .subscrever feeds